| | |
| | |
Tests | Inteligencia Emocional | Artículos | Materias
La página en español con mayor contenido sobre Aprendizaje y Técnicas de Estudio 

Técnicas-de-Estudio.org
La Web
Capacitación y entrenamiento gratuitos
Para estudiantes, docentes, ejecutivos y profesionales

Más de 1000 páginas
Artículos, cursos, técnicas, tutoriales, ejercicios, materias


Para todos los países
de habla española

Dominar herramientas 
eficaces para estudiar.
Eliminar toda dificultad 
en el aprendizaje.
Ahorrar tiempo para dedicarlo a otras actividades personales o aprender más cosas en el mismo período.
Recibirse en un tiempo 
menor al pensado.
Contar con nuevos métodos de trabajo intelectual.
Desarrollar habilidades emocionales.

Cómo aprovechar este sitio


"Lo fundamental de todo proceso pedagógico es el aprendizaje y no la enseñanza. Es el aprendizaje del estudiante y su participación el logro deseado." (Unesco, 1995)
 



Estudiar con un Método Vs. Estudiar
Sin un Método

Si hiciéramos una analogía entre tu mente y una PC, la diferencia entre estudiar CON un método de aprendizaje o estudiar SIN ese método, es muy parecido a la diferencia que existe entre una PC que contiene un buen software’ y otra que no lo contiene.


Test - Cuáles son
tus debilidades para estudiar


Test de Autoevaluación:
¿Sabes estudiar
bien?


ARTIGOS EM PORTUGUÉS


 

Qual a definição de Informação?

O conceito, a noção que temos de informação é bem vago e intuitivo. Quando fazemos uma pergunta, estamos pedindo informação. quando assistimos televisão ou um filme, estamos absorvendo informação. Ao ler um jornal, uma revista em quadrinhos, ou ao ouvir uma música, sabemos que estamos lidando com algum tipo de informação. Até quando contamos uma piada estamos transmitindo informação. Usamos, absorvemos, assimilamos, manipulamos, transformamos, produzimos e transmitimos informação durante o tempo todo, durante todo o tempo. Entretanto, não temos uma definição precisa do que é informação. Não temos uma definição que diga o que é e o que não é informação. Sabemos intuitivamente o que é informação, mas não conseguimos descrever, em palavras, o que é informaçào.

Os dicionários definem informação como o ato de informar. sob essa visão, a informação é vista como "algo" advindo de uma ação, advindo do verbo informar. Entretanto, não é feita uma descrição desse algo que advém do ato de informar; não se faz um descrição das características desse objeto, desse algo, sobre o qual a ação de informar age.

A 14a edição da Enciclopédia Britânica, por sua vez, nem possui um verbete Informação. Tudo o que há são os itens:

- Information Processing
- Information Theory

São itens que tratam da informação, mas não definem, sob nosso ponto de vista, o que é a informação.

Todas as definiçòes de informação acabam criando referências circulares; isto é, a definição de informação é baseada em conceitos que por sua vez são baseados no conceito de informação. Isso é como definir "frio" como o sinônimo de "gelado" e definir "gelado" como o sinônimo de "frio".

Então, o que é a informação?

Poderíamos resolver esse problema dizendo que a informação é um conceito primitivo, assim como o conceito de "conjunto" também o é; e é isso o vêm sendo feito até o presente. Entretanto, a realidade que está delineando-se têm exigido uma definição precisa do que é a informação, já que estamos entrando na era da sociedade da informação. A importância da informação em nossas vidas e a forma como a estamos encarando estão sendo modificadas, e não temos muitos estudos sobre a informação em si mesma, continuamos com um conceito vago do que é a informação.

Tentar descrever detalhadamente o que é a informação pode parecer um exercício de futilidade para aqueles mais desatentos. Assim, daremos um exemplo da necessidade de ter essa descriçào precisa. Como exemplo, vamos tomar o caso dos direitos autorais. Sabemos que o conteúdo de um livro é informação, o mesmo se aplica a filmes, músicas, jornais e revistas. O valor do livro é dado pela informação que ele contém, não pelo papel de que é feito. Se um livro é digitalizado e distribuído por alguém na Internet, a informação do livro se torna gratuita. Isso é um problema, pois o autor do livro, que vive de escrever livros, não está sendo recompensado pelo seu trabalho e poderá ficar desestimulado para produzir mais obras. Então, devemos criar uma legislação sobre os direitos autorais sobre informação, não sobre livros, filmes, software e músicas. Surge um problema. Como legislar sobre um objeto, a informação, o qual não conseguimos definir? Se dermos definições vagas sobre o que é a informação, haverá espaço para diversas interpretações da legislação os direitos autorais da informação; valerá qualquer coisa e a legislação não servirá para nada. Sendo assim, tentar definir o que é a informação é de fundamental importância.

Algumas fontes importantes sobre informação:
Borlow, The Economy of Ideas
Esther Dyson, Intellectual Value
Pamela Samuelson, Copyright Grab
Artigo de Pamela Samuelson sobre direitos autorais, censura, liberdade de informação e Free Speach
Peter Lyman, The UCC 2-B Debate and the Sociology of the Information Age

Eben Moglen, Anarchism Triumphant
Groetschel & Lugger, Scientific Information Systems and Metadata
M. Buckland, aula sobre Infosys 101 (1997)
Buckland, Infosys 101 (1997) exercício sobre informação
Prof. Valdemar Setzer, Data, Information, Knowledge and Competency

 

 

Volver al Indice de Artículos


 

Test de Orientación Vocacional
 


Cómo triunfar
en los exámenes

 



EL SER HUMANO QUE ESTUDIA Y DESARROLLA SUS APTITUDES INTELECTUALES Y EMOCIONALES, TIENE MÁS POSIBILIDADES DE PROGRESO EN LA VIDA,
Y OBVIAMENTE HABRÁ DE SENTIRSE MEJOR CONSIGO MISMO.

Contacto


Técnicas | Memoria | Comunicación | Lectura Veloz | Inteligencia | Investigación | Comprensión de textos | Vocabulario