| | |
| | |
Tests | Inteligencia Emocional | Artículos | Materias
La página en español con mayor contenido sobre Aprendizaje y Técnicas de Estudio 

Técnicas-de-Estudio.org
La Web
Capacitación y entrenamiento gratuitos
Para estudiantes, docentes, ejecutivos y profesionales

Más de 1000 páginas
Artículos, cursos, técnicas, tutoriales, ejercicios, materias


Para todos los países
de habla española

Dominar herramientas 
eficaces para estudiar.
Eliminar toda dificultad 
en el aprendizaje.
Ahorrar tiempo para dedicarlo a otras actividades personales o aprender más cosas en el mismo período.
Recibirse en un tiempo 
menor al pensado.
Contar con nuevos métodos de trabajo intelectual.
Desarrollar habilidades emocionales.

Cómo aprovechar este sitio


"Lo fundamental de todo proceso pedagógico es el aprendizaje y no la enseñanza. Es el aprendizaje del estudiante y su participación el logro deseado." (Unesco, 1995)
 



Estudiar con un Método Vs. Estudiar
Sin un Método

Si hiciéramos una analogía entre tu mente y una PC, la diferencia entre estudiar CON un método de aprendizaje o estudiar SIN ese método, es muy parecido a la diferencia que existe entre una PC que contiene un buen software’ y otra que no lo contiene.


Test - Cuáles son
tus debilidades para estudiar


Test de Autoevaluación:
¿Sabes estudiar
bien?


ARTIGOS EM PORTUGUÉS


O COGNITIVISIMO DE DAVID AUSUBEL

Para David Ausubel, psicólogo da aprendizagem, o principal no processo de ensino é que a aprendizagem seja significativa. Isto é, o material a ser aprendido precisa fazer algum sentido para o aluno. Isto acontece quando a nova informação "ancora-se"  nos conceitos relevantes já existentes na estrutura conitiva do aprendiz.


Neste processo a nova informação interage comuma estrutura de conhecimento específica, que Ausubel chama de conceito "subsunçor". Esta é uma palavra que tenta traduzir a inglesa "subsumer".
 
Quando o material a ser aprendido não consegue ligar-se a algo já conhecido, ocorre o que Ausubel chamou de aprendizagem mecânica ("rote learning"). Ou seja, isto ocorre quando as novas informações são aprendidas sem interagirem com conceitos relevantes existentes na estrutura cognitiva. Assim, a pessoa decora fõrmulas, leis, marretas para provas e esquece logo após a avaliação.


 Para haver aprendizagem significativa é preciso haver duas condições:


a) o aluno precisa ter uma disposição para aprender: se o indivíduo quizer memorizar o omaterial arbritrariamente e literalmente, então a aprendizagem será mecânica;


b) o material a ser aprendido tem que ser potencialmente significativo, ou seja ele tem que ser logicamente e psicologicamente significativo: o significado lógico depende somente da natureza do material, e o significado psicológico é uma experiência que cada indivíduo tem. Cada aprendiz faz uma filtragem dos materiais que têm significado ou não para si próprio.
 

BIBLIOGRAFIA
AUSUBEL, D., NOVAK, J., & HANESIAN, H. (1978). Educational Psychology: A Cognitive View
(2nd Ed.). New York: Holt, Rinehart & Winston.

BRAATHEN, PER CHRISTIAN. A Case Study of Prior Knowledge, Learning approach and conceptual change in na Introductory College Chemistry Tutorial Program.  Madison, University of Wisconsin, 1987.

CACIQUE, A. A construção do conhecimento em ambientes virtuais: uma abordagem sobre ambientes interativos de aprendizagem. Assunto: Tecnologias e suas aplicações como recursos didáticos. Ambientes interativos de aprendizagem. Ensino virtual. Evolução do conhecimento.Telemática no desenvolvimento cognitivo.

CARLSON, Patricia A. & LARRALDE, V. Combining Concept Mapping and Adaptive Advice to Teach Reading Comprehension. J. UCS. v. 1 n. 3.

CAVALCANTI, R.A. Andragogia: a aprendizagem nos alunos. Assunto: Arte e ciência de orientar os adultos a aprender. Estímulo do autodidatismo, capacidade de autocrítica e de trabalhar em equipe.

PEDUZZI, L. O. Q. Algumas fases ou estágios na resolução de problemas- Sobre a resolução de problemas no ensino da física. Caderno Catarinense de Ensino de Física, Volume 4, Número 3, Pág. 229 a 253, Dez/1997

PLOTNICK, Eric. 1997. Concept Mapping: A Graphical System for Understanding the Relationship Between Concepts. ERIC Digests, junho.

MOREIRA, Marco Antônio. Guia de estudos individual. In: _________ Ação docente na Universidade. Porto Alegre, Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 1985. Pag 116 a  135

MOREIRA, Marco Antônio. Uma Abordagem Cognitivista ao Ensino da Física. Porto Alegre, Ed. da Universidade, UFRGS, 1983

SZTAJN, Paola. Resolução de problemas, formação de conceitos matemáticos e outras janelas que esse abrem. Educação em Revista, Belo Horizonte, edição 20 a 25 de dez/94 a jun/97, pag 109-122, 1997.

WATSON, Bruce and Richard KOPNICEK. Teaching for Conceptual Change: Confronting Children's Experience. Phi Delta Kappan, May 1990, pp. 680-684.

 

Volver al Indice de Artículos


 

Test de Orientación Vocacional
 


Cómo triunfar
en los exámenes

 



EL SER HUMANO QUE ESTUDIA Y DESARROLLA SUS APTITUDES INTELECTUALES Y EMOCIONALES, TIENE MÁS POSIBILIDADES DE PROGRESO EN LA VIDA,
Y OBVIAMENTE HABRÁ DE SENTIRSE MEJOR CONSIGO MISMO.

Contacto


Técnicas | Memoria | Comunicación | Lectura Veloz | Inteligencia | Investigación | Comprensión de textos | Vocabulario